Índice de Confiança da Construção (ICST) chegou a 77,5 pontos em setembro do ano passado.

04/05/2018 12:45

O setor da construção civil no Brasil vem passando por dificuldades, pelo menos, nos últimos quatro anos, amargando 27 quedas consecutivas no mercado. O cenário de crise no país fez com que o segmento se visse obrigado a reduzir custos e melhorar a sua rentabilidade. Para este ano, a posição é otimista e as soluções tecnológicas, com a consequente cultura de inovação, serão o carro-chefe para o crescimento do setor no país.

Em 2017, a situação não foi nada boa para a construção civil no Brasil, já que foi o setor que apresentou maior queda de rendimento. Segundo dados do Sindicato Nacional da Indústria da Construção Pesada (Sinicon) em parceria com a LCA Consultores, o PIB do setor caiu 6,6% no primeiro semestre do ano passado, em relação ao mesmo período de 2016. Além disso, o número de demissões foi de mais de um milhão de trabalhadores, considerando os meses entre outubro de 2014 e dezembro de 2016.