Demissões superam contratações na construção civil após 11 anos

21/03/2015 22:00

A crise na economia brasileira levou o número de demissões a superar as contratações na construção civil pela primeira vez em 11 anos.

Os números deste ano mostram que os cortes continuam. No mês de janeiro, quase 10 mil vagas foram fechadas e tem construtora fechando e demitindo em massa.

As demissões são o principal reflexo da desaceleração do mercado de imóveis. Em São Paulo, o número de lançamentos caiu 7% no ano passado, enquanto as vendas despencaram 35%. Tem imóvel encalhado também em Belo Horizonte.

Com o aumento das demissões no setor que absorve muita mão-de-obra, pouca experiência acaba gerando mais tensão na economia. Os trabalhadores sentem dificuldade de se adaptar a outras funções e isso representa mais tempo de espera para voltar ao mercado de trabalho.

William conta que tentou virar trocador de ônibus e mandou currículos também para o comércio, fez entrevista, mas nada deu certo até agora. "Temos que esperar a hora que Deus vai abrir a porta, vamos ver o que acontece", diz.